O que se espera do DBA SQL jr?

Fala pessoal, nesse post eu vou falar sobre os principais pontos que você precisa conhecer para ser um DBA SQL jr.


Porque isso é importante? Quem esta tentando ingressar na área, pode ter a oportunidade de se preparar exatamente para o que é pedido na maioria das vagas.


Nos últimos 6 anos foram lançadas 3 versões do SQL Server, algumas funcionalidades foram melhoradas, outras foram inseridas, o fato é que a cada nova versão mais assuntos surgem quando estamos aprendendo sobre SQL Server.

Em meio a tanta informação e tantas possibilidades, caminhos diferentes, o começo na maioria dos casos são iguais.


Quando vejo o anuncio das vagas para DBA SQL jr, em sua maioria exigem as mesmas coisas, a parte comportamental claro:

- ser uma pessoa de grupo;

- que tenha sempre vontade de aprender;

- saiba se comunicar;

Isso já é algo que todos deveríamos trazer na bagagem, independente da experiência. E na parte técnica vai de encontro com o que eu também espero de um profissional que esteja começando na área.

Eu sou DBA SQL a muitos anos, a vários coordeno uma equipe com mais profissionais. Durante a minha carreira já auxiliei alguns profissionais que iniciaram como jr e depois se desenvolveram. Todos eles precisaram aprender as mesmas coisas.


Eu classifiquei em 5 pilares que você deve ter conhecimento acima da media para se destacar, é claro que quando você começa a trabalhar você vai aprender bastante, mas isso é o que a maioria das vagas e empresas esperam de um DBA SQL jr, então se você deseja trabalhar como DBA SQL recomendo que você domine esses 5 temas.


Vamos aos 5 pilares


Backup

Como funciona a estrutura de backup, quais são os tipos, como aplicar uma política de backup que atenda a necessidade, como combinar os tipos de backups, validação de arquivos, estratégia de armazenamento e também as melhores praticas.

Para aprender sobre o assunto acesse o conteúdo extra: Vídeo Backups


Setup

Realizar uma Instalação de uma instância SQL Server, local de instalação (saber dividir da forma correta, dados em um disco, log em outro), quantos arquivos serão criados no tempdb, configurar os serviços, usuários do serviço, alterar a porta de conexão(configuration manager), liberar o firewall do servidor para porta configurada, ajustar configurações na instância como consumo de memória e cpu.

Para aprender sobre o assunto acesse o conteúdo extra: Vídeo Configuração


Job

Compreender para quais ações os jobs são úteis, como criar, agendar, alterar e excluir jobs, manusear as tabelas no msdb onde ficam armazenadas as informações dos jobs. Ajustar permissões para manipulação dos jobs.

Para aprender sobre o assunto acesse o conteúdo extra: Vídeo Jobs


Modelagem

Estrutura de dados, tabelas, PKs e FKs, tipo de dados, relacionamento entre as tabelas, fluxo de dados, integridade dos dados, como construir um ambiente consistente para os dados.

Para aprender sobre o assunto acesse o conteúdo extra: Vídeo Modelagem I e Vídeo Modelagem II


Desenvolvimento

Desenvolvimento SQL intermediário (capacidade para criar scripts, select, insert, update e delete, além de criação de views, procs e triggers).

Para aprender sobre o assunto acesse o conteúdo extra: Vídeo Dev I e Vídeo Dev II


O DBA jr pode atuar em vários outras atividades, mas conhecendo sobre backup, setup, jobs, modelagem e sabendo desenvolver um pouco, terá o que é esperado de um profissional que esta começando.


Vou te deixar uma dica extra, conhecer sobre as estruturas on-premise e de nuvem são importantes também.

Quando falamos on-premise estamos falando da estrutura interna que a empresa tem, seu próprio datacenter, servidores que ficam dentro da estrutura física da empresa, estão na mesma rede física dos demais computadores, a empresa precisa contar com profissionais para cuidar desse ambiente e manter toda uma infraestrutura física para que os servidores funcionem, esse é o modelo mais antigo e tradicional, porém muitas empresas trabalham assim mesmo com a nuvem em evidência.

E quando falamos de nuvem estamos falando de uma estrutura que não fica fisicamente na empresa, ela é acessada através da internet, é uma plataforma, uma grande rede de servidores remotos ao redor mundo que são conectados e trabalham como um único ecossistema e que te oferece tudo o que o on-premise oferece só que como serviço, sem você precisar se preocupar dependendo da solução. Os dois grandes pontos que chamam a atenção pra mim desses dois modelos é que quando falamos em nuvem você tem mais segurança e paga apenas pelo que usa, hoje em dia tem se tornado algo comum empresas perderem seus ambientes locais por conta da ransonware e também precisando investir para manter o ambiente onde muitas vezes sobra muito recurso.


Algo que eu aprendi com o passar do tempo é que devemos sempre estar um passo a frente, se prepare, dedique tempo de estudo, o conhecimento é algo que ninguém tira da gente.


Nos acompanhe em nossas redes sociais!

Grupo VIP Telegram: DBA On boarding

Youtube(vídeos novos todas as quartas): https://www.youtube.com/channel/UChFeqc-m7HZNdkoP0CshMGQ

Face & Instagram(conteúdo diário): dba on boarding

Até a próxima, tchau!

#CG_Carreira

107 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo